quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Amar-te é isto.

Agarro-te a mão
E percorro o Mundo.
Galgo montanhas e vales
Quando me apertas.
És o caminho em frente.

És a minha poção
Da omnisciência sensorial,
Tomo-te e tudo sinto,
Deixam de existir segredos,
Fica tudo fácil para mim.

Curas-me as falhas,
Erradicas-me a sombra.
Iluminas a minha existência
E inventas-lhe o sentido.
Tornas-me puro no teu amor.

No fundo, és tudo o que desejei,
Aquilo que chorei por não ter,
O que julguei não existir.
És o amor da minha vida.
E no entanto és muito mais.

1 comentário:

  1. :')
    Caminharei sempre a teu lado.
    Amo-te para sempre <3

    ResponderEliminar